Notícias

4 de Outubro de 2017
Pesquisas

Sicom Pesquisas aponta gasto médio de R$ 175 no Dia da Criança em Chapecó

O Dia da Criança é um período de grande movimentação econômica para o comércio em geral. Para avaliar essa tendência, uma pesquisa de intenção de compras para este período foi realizada em Chapecó, numa ação conjunta do Sindicato do Comércio (Sicom) e da Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio). Em Chapecó, o valor previsto para ser destinado para os presentes aumentou significativamente, de R$ 163,11 no ano passado para R$ 175,25 neste ano. No Estado, o gasto médio deverá ser de R$ 180,92, valor também acima do ano passado, que foi de R$ 177,70.

Em Chapecó, segundo dados divulgados pela Divisão de Pesquisa e Estatística do Sindicato do Comércio (Sicom), 47,2% dos consumidores apresentam preferência em presentear com brinquedo e 37,8% devem optar por vestuário. Quanto ao local onde as compras serão realizadas, 86,6% realizarão no comércio de rua, seguindo-se a opção por shopping, indicado por 8,7% dos consumidores.

Como para o empresário é importante saber que tipo de ações do comércio o consumidor irá valorizar no Dia da Criança, a pesquisa também levantou tendências. Destacam-se em Chapecó a preocupação com promoções (32%), com o preço (30%) e com o bom atendimento (24%). Já em relação à forma de pagamento, 75,9% dos chapecoenses optarão pela quitação em dinheiro à vista. Em seguida vêm: pagamento parcelado no crediário - 9,4%; parcelado no cartão de crédito - 7,7%; à vista, no cartão de crédito - 5,0%; e à vista, no cartão de débito - 2,0%.

Situação financeira e pesquisa de preço

Sobre a situação financeira atual, 38,1% dos chapecoenses entrevistados responderam que, comparada ao mesmo período do ano anterior, melhorou, enquanto 34,8% disseram que está igual. A preocupação com o preço que será pago pelos presentes é apontada na pesquisa, pois a grande maioria dos chapecoenses - 71,2% - irá realizar levantamento prévio para ver o custo. 

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 3/10/17