Notícias

21 de Maio de 2020
Pesquisas

SICOM chega neste sábado aos seus 50 anos

A necessidade de congregar os empresários do setor, o crescimento da cidade, a expansão do número de empresas e da geração de empregos e o implemento nas demandas trabalhistas. Essas foram situações que levaram um grupo de empresários a criar uma associação para representar o comércio de Chapecó no início da década de 1970. No dia 23 de maio desse ano, representantes de 24 empresas fundaram a Associação Profissional do Comércio Varejista de Chapecó. Depois transformada em Sindicato do Comércio Varejista e após no Sindicato do Comércio da Região de Chapecó, neste sábado o Sicom chega aos seus 50 anos de trajetória.

Hoje o Sicom é um dos mais representativos sindicatos catarinenses, com atuação em uma base de 25 municípios, onde representa uma das áreas da economia com maior geração de emprego e renda e que envolve empresas das áreas do varejo e do atacado. São 7.600 empresas representadas, que geram aproximadamente 16 mil empregos diretos. Além de fazer parte da Federação do Comércio e de outras instituições, como o Centro Empresarial de Chapecó, tem representação em outras instituições que atuam na comunidade local e regional. Sua diretoria é exercida por oito diretores e seis conselheiros eleitos, quatro diretores setoriais, nove câmaras setoriais e três diretores de relações sindicais na região, juntamente com assessores e um quadro de funcionários que atuam nas divisões administrativas internas.

Para seu presidente, Ricardo Urbancic, a trajetória exitosa do Sicom é destacada pelo associativismo empresarial e o livre comércio e expressa por ser uma entidade reconhecida como representante legal e legítima dos empresários do setor. “Ao longo de sua história, o Sicom sempre esteve na vanguarda dos fatos, antecipando e trazendo para toda a região novidades e ferramentas para o desenvolvimento do comércio forte, responsável, ético e comprometido com a comunidade onde atua”, afirma o empresário.

Entre as principais ações desenvolvidas pelo Sindicato do Comércio para o suporte operacional às empresas associadas está a realização de convenções e acordos coletivos de trabalho, através de negociações nas quais o Sicom representa todo o setor do comércio. Além disso, aos associados é disponibilizada a divisão Sicom Pesquisas, que levanta dados e informações para o processo decisório dos empresários. Contam, ainda, com a Comissão Intersindical de Conciliação Prévia (Concilia) para resolver conflitos decorrentes das relações de trabalho, assessoria jurídica, serviços de medicina e segurança do trabalho, convênios em diversas áreas e ações de capacitação profissional.

Uma das conquistas do sindicato em sua trajetória é a liberação do horário de funcionamento do comércio em Chapecó, com o apoio da Associação Comercial e Industrial e da Câmara de Dirigentes Lojistas. Até novembro de 1993 o horário comercial era restrito, o que impedia a realização de expediente diferenciado. Essa liberação do horário livre, decretada pelo então prefeito Dilso Cecchin, vem permitindo a abertura do comércio em horários diversificados e também aos domingos e feriados, conforme a aptidão ou interesse de cada empresa, para que o consumidor tenha alternativas em suas compras conforme a conveniência.

Papel no comércio e na comunidade

O Sicom é reconhecido em Santa Catarina como uma entidade sindical empresarial atuante, porque representa e defende os interesses do comércio e participa da vida da comunidade, avalia seu presidente. Acrescenta que tem destaque, ainda, pela excelência em produtos e serviços que oferece e pela presença em conselhos e instituições que buscam igualdade social, desenvolvimento, sustentabilidade e melhoria das condições de vida de toda a população.

 Atualmente o Sindicato do Comércio tem presença em 15 entidades externas, como os conselhos municipais de desenvolvimento econômico, de saúde e de turismo, universidades comunitárias, nos conselhos regionais do Sesc e do Senac e no conselho nacional do Senac. Neste período de pandemia do coronavírus, participa em Chapecó do Comitê de Gestão, que age nas campanhas para minimizar os efeitos do Covid-19 na região.

Presidentes

Sete empresários conduziram as gestões do Sicom até agora. São eles: Elírio Ângelo Cansian, entre 1970 e 72 e de 1987 a 90; Eduardo Matiewicz, entre 1972 e 87; Aldir Roque Battiston, de 1990 a 96; Hermes Ignacio Palaoro, de 1997 a março de 2000, e a partir de janeiro de 2001 até 2004; Jandir Antônio Ugolini, de março de 2000 a janeiro de 2001 e entre 2004 e 2009; Ivalberto Tozzo, no período 2010/2013; Marcos Antonio Barbieri, no mandato 2014/2017, e no atual mandato de 2018/2020, juntamente com Ricardo Urbancic.

EXTRA COMUNICA – Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS – 21/05/2020