Notícias

7 de Maio de 2018
Pesquisas

Percentual de famílias chapecoenses endividadas diminuiu em abril

O percentual de famílias chapecoenses com dívidas ou contas em atraso diminuiu em abril, em relação ao mês anterior, atingindo 47,3%, ante 49,5% registrados em março. A constatação é da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores (Peic), levantada mensalmente pelo Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom) e pela Federação do Comércio de Santa Catarina (Fecomércio).

A pesquisa aponta os carnês como o principal compromisso financeiro para 56,6% das famílias chapecoenses endividadas. Outras, na ordem de 41,1%, indicaram que estão comprometidas com o uso do cartão de crédito e 26,5% possuem contas motivadas por financiamento de casa. Segundo o levantamento, possuem contas em atraso 22,3% das famílias endividadas. O percentual das famílias que declararam não ter condições de pagar suas contas ou dívidas em atraso, ou seja, que permaneceriam inadimplentes, evoluiu positivamente no mês passado. Os dados mostram que passou de 62,5% em março para 44,4% em abril.

Quitação das dívidas
Perguntados sobre o tempo para quitar suas dívidas, 51,1% dos pesquisados indicam que irão realizar os pagamentos após 90 dias. Outros 35,6% devem efetuar o pagamento de 30 a 90 dias. Na pesquisa, 49,7% dos entrevistados afirmaram estar comprometidos com suas dívidas por mais de um ano, outros 9,4% têm entre seis meses e um ano de comprometimento e 3,1% de três e seis meses.
Os dados coletados pela pesquisa Sicom/Fecomércio registram que, mesmo com contas a pagar, 52,7% dos chapecoenses entrevistados não estão com seus pagamentos atrasados.

EXTRA COMUNICA - Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS - 7/05/18