Notícias

7 de Janeiro de 2021
SICOM

Entidades empresariais apoiam campanha em favor da chapecoense

Orgulho de ser Chape. Esse é o tema de campanha iniciada pela Associação Chapecoense de Futebol e que tem o apoio de três entidades empresariais de Chapecó: Associação Comercial e Industrial (Acic), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) e Sindicato do Comércio (Sicom). A intenção está em reforçar as ações para apoiar o retorno do clube à Série A do Campeonato Brasileiro.

Um dos argumentos é de que entre as grandes conquistas almejadas pela Chapecoense uma das principais é o resgate do orgulho do seu torcedor, como “a mais verdadeira e legítima expressão da paixão e da fidelidade das pessoas pelo time da cidade e de toda a região”. Por isso, a finalidade de retomar e fortalecer esse sentimento, “pelo trabalho de muitas mãos, pés, cabeças e corações”, dentro e fora das quatro linhas, mesmo que a torcida não possa estar no estádio, em vista dos riscos do coronavírus. Uma das provocações da campanha é para “colorir os quatro cantos de Chapecó com as cores do time para comprovar não apenas o orgulho, mas a força que temos quando nos unimos pelo mesmo ideal e jogamos juntos”.

Representado na campanha pelo presidente licenciado Marcos Antonio Barbieri e pela diretora de Responsabilidade Social, Fabiana Funk, o Sicom avalia a importância da Chapecoense para a cidade e região. Para o presidente em exercício do Sicom, Ricardo Urbancic, mesmo neste cenário de pandemia o retorno da Chapecoense ao Campeonato Brasileiro da Série A representa, com a respectiva visibilidade no cenário nacional, impactos na economia e no sentimento de confiança dos torcedores e da comunidade regional como um todo.

Impactos na comunidade

Antes do acesso da Chapecoense à Série A pela primeira vez, em 2014, o Sicom fez uma pesquisa para identificar a relevância dessa ascensão e dos impactos fora de campo. De 18 a 25 de novembro de 2013, foram ouvidos 300 torcedores e representantes de 57 lojas do comércio e de 30 bares e restaurantes.

Entre os números levantados, um deles foi a percepção de 93,7% dos entrevistados quanto ao incremento no movimento na cidade. A pesquisa também revelou o comércio em geral, com 42,7%, o comércio de artigos esportivos, com 28,7%, hotéis, com 13,3%, e bares e restaurantes, com 8%, como os setores que deveriam ser mais beneficiados em virtude do acesso à Série A.

Como participar

Estampar a camisa da Chapecoense em cada janela das casas ou nas empresas e estender a bandeira, para contagiar toda a população com a onda verde e branca, é uma das formas escolhidas para fortalecer o orgulho de torcer pela Chapecoense. Para formar a Onda Verde e Branco, o clube disponibiliza – pelo link forms.gle/FZJ5q4J5pKbN3nre7 – um formulário para o pedido de materiais específicos da campanha, a fim de auxiliar na ambientação de residências e empresas.

Os materiais também podem ser adquiridos diretamente na Loja Chape Oficial, anexa à Central de Atendimento ao Sócio, a preço de custo. 

EXTRA COMUNICA – Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS – 7/01/2021