Notícias

10 de Janeiro de 2022
Pesquisas

COMÉRCIO CHAPECOENSE OBTEVE O MAIOR NÚMERO DE EMPREGOS

Dados coletados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged), do Ministério do Trabalho e Previdência, apresentam aumento no número de empregos em Chapecó e região. De acordo com análise da área de pesquisa do Sindicato do Comércio da Região de Chapecó, em novembro passado, repetindo desempenho do mês anterior, houve crescimento de 0,60% na geração de empregos.

De acordo com o levantamento do Sicom Pesquisas, Chapecó registrou 549 novas vagas, com 4.093 admissões e 3.544 demissões. Dessa forma, o município chegou em novembro ao total de 92.771 pessoas empregadas.

Conforme indica o analista de Pesquisa e Estatística do Sicom, Douglas Junior Pires da Silva, mesmo todos os setores apresentando resultados positivos em novembro, o comércio teve o maior crescimento, como já era esperado, pelo período sazonal do fim do ano. O saldo positivo do setor foi de 277 vagas, com crescimento de 1,35%. Foram 1.282 admissões e 1.005 demissões. Já quando comparando a novembro de 2020, o comércio aumentou 6,46% o número de empregados, de 19.580 para 20.844 empregos formais.

COMÉRCIO NA REGIÃO

Com relação à região de abrangência do Sicom, os números dos empregos também foram positivos. Em todos os setores, o crescimento foi de 0,51%, com 5.781 admissões e 5.081 demissões, o que gerou 700 novas vagas de trabalho e o total de 137.792 empregos formais.

O comércio também apresentou aumento no penúltimo mês do ano, com crescimento de 1,15% e 328 novas vagas em 24 municípios, fora Chapecó. Foram 1.634 admissões e 1.306 demissões e o emprego de 28.831 pessoas. Os municípios de abrangência do Sicom que obtiveram maior número de saldo positivo de empregos em novembro, sem contar Chapecó, foram: Xaxim (13), Pinhalzinho (10) e Saudades (8).

DEMAIS SETORES

O Sicom Pesquisas também fez análise dos outros setores, entre eles o de serviços, que apresentou o segundo maior crescimento, com 190 novos empregos gerados, alcançando 33.567 empregos e crescimento de 0,57%. Com crescimento percentual parecido com os serviços, de 0,53%, mas com saldo bem abaixo (35 novas vagas), a construção civil chegou a 6.685 postos de trabalho.

A agropecuária, com crescimento de 0,48%, teve cinco novos empregos gerados no mês de novembro, chegando a 1.040 empregos formais. O setor da indústria gerou 42 novas vagas, o que significou crescimento de 0,14% nos empregos e o registro de 30.635 empregos formais.

EXTRA COMUNICA – Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS – 10/01/2022