Notícias

28 de Outubro de 2021

COMÉRCIO AUMENTA ICMS EM 50%

O comércio de Chapecó atingiu em nove meses, no acumulado de setembro, arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias (ICMS) maior do que o registrado no ano passado. Esse dado foi levantado em números da Secretaria de Fazenda de Santa Catarina através de análise feita pela área de Pesquisa e Estatística do Sindicato do Comércio da Região de Chapecó (Sicom Pesquisas).

Um dos indicativos é de recuperação diante dos efeitos da pandemia do coronavírus, inclusive em termos de aumento na quantidade de empregos formais. Em setembro o comércio de Chapecó teve 20.887 vagas ocupadas, enquanto em dezembro de 2020 eram 20.063, com saldo positivo de 824 postos de trabalho.

Os números da Secretaria da Fazenda Estadual mostram que o comércio chapecoense arrecadou até setembro último aproximadamente R$ 263,2 milhões em ICMS. Esse valor é 52,03% a mais do que foi apurado no mesmo período do ano passado e 5,71% maior do que todo o ano de 2020, sem o desconto da inflação, que avançou consideravelmente no corrente ano.

Para o presidente do Sicom, Ricardo Urbancic, o crescimento nominal apresentado em diversos comparativos se reflete agora em boa expectativa até o encerramento deste ano. O empresário considera que tendo o acumulado deste ano até setembro superado a arrecadação completa de ICMS do ano passado, “o comércio mostra força em meio à crise e ajuda a impulsionar a economia do município, que segue em crescimento”.

OUTROS COMPARATIVOS

Na comparação entre a arrecadação de setembro passado e o mesmo mês em 2020, o crescimento do ICMS arrecadado pelas empresas do comércio em Chapecó é de 42,13%. Entretanto, comparativamente com agosto passado, setembro teve resultado negativo de 11,77%. Ainda assim, a análise do Sicom identifica que o terceiro trimestre deste ano mostrou crescimento de 28,86% em relação ao segundo.

Setorialmente, o comércio atacadista mostrou em setembro queda de 9,95% na arrecadação de ICMS em relação a agosto. No entanto, na comparação com setembro de 2020 cresceu 30,50%. Já o terceiro trimestre de 2021 teve avanço de 31,02% em comparação com o mesmo período de 2020 e de 26,99% em relação ao segundo trimestre deste ano. No acumulado do ano até setembro, os atacadistas também apresentam crescimento – de 16,51% – em relação ao mesmo período de 2020.

Quanto ao comércio varejista, o analista de Pesquisa e Estatística do Sicom Pesquisas, Douglas Júnior Pires da Silva, indica que também houve queda em setembro – de 12,23% – comparativamente ao mês anterior. Por sua vez, o resultado do trimestre foi superior ao anterior, com 24,64% de crescimento. Em comparação com o ano anterior, setembro deste ano superou em 32,18% o mesmo mês de 2020. O terceiro trimestre de 2021 também superou período idêntico de 2020, com 56,09%. No acumulado do ano até setembro, o comércio varejista arrecadou 60,37% a mais do que o mesmo período do ano passado.

EXTRA COMUNICA – Hugo Paulo Gandolfi de Oliveira-Jornalista/MTE4296RS – 28/10/2021